Destinos, Viagem

Cardiff – País de Gales – Reino Unido

11/08/2017

Cardiff é a capital do País de Gales e tem aproximadamente 320 mil habitantes. É a maior cidade do país e a décima maior do Reino Unido. Grande parte de Cardiff foi construída no século XIX, no auge da indústria do carvão do Reino Unido. Há um século o porto da cidade era bem movimentado, mas hoje as antigas docas estão sendo transformadas em restaurantes e atrações em geral. É uma capital com vários parques e jardins e por isso uma cidade muito “verde”. De trem partindo de Londres, são duas horas para chegar na capital mais “jovenzinha” da Europa (foi declarada em 1955).

Passamos um dia em Cardiff, era um sábado de verão e a cidade estava bem movimentada e colorida devido a Pride Cymru, a Parada do Orgulho LGBT do País de Gales.

Começamos o dia no Castelo de Cardiff, onde fica um castelo medieval e também um palácio neogótico vitoriano. As  construções e os muros do castelo ficam junto de uma torre normanda que foi construída sobre um forte romano. Onde hoje está o chamado Castelo de Cardiff (Cardiff Castle), existiram dois fortes romanos, o primeiro construído no século I. A entrada custa 12,50 libras e tem o audioguia já incluído no preço (audioguia em português de Portugal).

A Torre Normanda foi construída no século XI, para ser usada como moradia e defesa militar por Guilherme, o Consquistador. No início da Idade Méria ela era de madeira e no século XII foi reconstruída de pedra.

O castelo pertenceu a várias famílias, e na metade do século XVIII, John Stuart, primeiro Marquês de Bute, iniciou uma grande reforma, que foi continuada por seus descendentes. Quando faleceu o último marquês proprietário do castelo, em 1947, ele foi doado a cidade.

Torre Normanda

No complexo do castelo também fica um palácio vitoriano com uma decoração lindíssima, e o que mais me chamou a atenção foi o teto da sala árabe (foto abaixo).

No vídeo eu mostro mais do palácio… 😉

Depois de algumas horas “perambulando” pelo castelo, estávamos com muita fome e fomos no Mission Burrito para comer um… adivinha?!! Burrito, é claro! Preço okay, burrito gostoso, atendimento meio “blé”.

O Mission Burrito fica próximo a Queen Street, uma rua boa pra fazer umas comprinhas e com algumas redes de fast food também. Lá fica o Queen Arcade, um shopping com algumas “lujinhas”. Nós literalmente entramos e saímos do Queen Arcade em menos de 5 minutos porque o que queríamos mesmo era ver mais da cidade e não fazer compras. Mas, dentro do pequeno shopping tem loja de roupa, correio, loja de doces, brinquedos, eletrodomésticos…

Queen Arcade

Normalmente deixamos o motorhome no camping e vamos até o centro das cidades de transporte público, mas em Cardiff deixamos nossa “casa” num estacionamento ao lado do Bute Park. Fomos até o motorhome porque eu precisava buscar um cartão de memória para a câmera e aproveitamos para passar por dentro do parque.

O Bute Park é o pulmão verde da cidade e reflete a história do desenvolvimento de Cardiff. No século XII tinha vários donos e suas terras eram usadas para agricultura, por pequenas indústrias e pela igreja. No século XVIII a família Bute (que era a dona do castelo) começou criar jardins e deixar a região com o visual mais parecido com o que podemos encontrar hoje. Em 1947, quando o castelo passou às mãos da cidade, aconteceu o mesmo com o parque, que se tornou público.

No Bute Park acontecem vários eventos públicos e ele é um dos maiores e mais bonitos parques do Reino Unido com 56 hectares de área, o equivalente a 75 campos de futebol.

Bute Park

Saindo do parque, passamos por uma ponte e de lá dava para ver o Principality Stadium (que já tínhamos visto de cima da torre normanda), que é o principal estádio do País de Gales e tem capacidade para 74.500 pessoas.

O Principality Station é a casa do time nacional de rugby e é usado principalmente para jogos de rugby e futebol. Foi construído em 1999, no local do antigo Estádio Nacional. É possível fazer um tour pelo estádio e custa 12,50 libras. Para comprar o ticket para o tour, clique aqui.

Passamos pela Castle Arcade, uma rua/galeria muito charmosa, com diversas lojas e lugares fofos para tomar um café. Escolhemos o Coffee Barker para tomar aquele cafezinho preto que dá força para as andanças… 😀

Castle Arcade

Coffee Barker

Continuamos andando, curtindo o centro de Cardiff e suas ruas cheias de vida (pelo menos estava com muita “vida” quando passamos por lá!) e encontramos a Igreja de São João Batista (Saint John Baptist Church). Fundada no final do século XI e dedicada a Virgem Maria, é um dos edifícios em uso mais antigos da cidade. A entrada na igreja é grátis, mas infelizmente quando passamos por lá já estava um pouco tarde e ela estava fechada.

A torre da Igreja de São João Batista, vista da Church Street.

Corremos para tentar chegar no Cardiff Central Market a tempo de ver ele aberto, mas não deu, quando chegamos as lojinhas já estavam todas fechadas.

O Cardiff Central Market é um mercado coberto em estilo vitoriano, de 1891, projeto de William Harpur. No mercado você encontra produtos alimentícios, arte, presentes, cafeterias, barbeiro… Não deu para pegar o mercado aberto mas deu para apreciá-lo sua arquitetura vitoriana por dentro! 🙂

Cardiff Central Market

Do centro resolvemos ir caminhando até a Baía de Cardiff, mas para quem não curte umas caminhadas, é só pegar o ônibus 132, na parada Royal Hotel KJ (Westgate Street) e descer no Millennium Centre. 😉

Como fomos andando, passamos pelo The Hayes, um calçadão com várias lojas, ótimo para umas compras também. Na região fica o House of Fraser (loja de departamentos), o Shopping St David’s, a John’s Lewis (loja de departamento) e várias outras lojas.

Prédio da John Lewis e da Biblioteca de Cardiff

Depois de uma caminhadinha razoável, chegamos no Wales Millennium Centre, um centro de artes e eventos. Nele acontecem shows, espetáculos de balé, música, teatro e ópera. Foi inaugurado em duas fases, uma em 2004 e outra em 2009. Dentro do edifício tem lojas de souvernir, banheiro, lugares para fazer um lanchinho ou tomar um café.

Wales Millennium Centre

A Baía de Cardiff (Cardiff Bay) foi a grande responsável pelo desenvolvimento da cidade. Cardiff no século XIX era uma forte exportadora de carvão e era ao redor da baía onde tudo acontecia. Hoje em dia a região está bem renovada e é uma área bem agitada, cheia de coisas pra fazer. Tem vários bares, restaurantes, lojas e alguns eventos também acontecem por ali.

Baía de Cardiff

O restante do nosso passeio foi pela baía, caminhando e vendo seus edifícios…

O Pierhead Building foi construído em 1897, para a Bute Dock Company. O seu relógio é conhecido como Baby Big Ben, ou o Big Ben do País de Gales. Hoje em dia é um centro de visitantes e eventos. O edifício foi restaurado e reaberto em 2010.

Pierhead building

O Senned é o Parlamento do País de Gales. Inaugurado em 2006,  é aberto ao público. Materiais como a ardósia e o carvalho, que são tradicionais do país, foram usados na construção.

Senned

A Igreja Norueguesa (Norwegian Church) é um ponto turístico de referência histórica e cultural em Cardiff. Foi construída entre 1883 e 1894 para dar ajuda religiosa e social aos marinheiros noruegueses que desembarcavam na cidade. Hoje em dia é um centro de artes, uma cafeteria e usada para conferências, encontros, concertos e recepções de casamentos.

Igreja Norueguesa

Na baía de Cardiff também fica o Dr. Who Experience, que é composto por dois andares com figurinos originais da série e um curta-metragem, além de algumas atividades interativas. A famosa série da BBC foi filmada no País de Gales e por isso resolveram colocar essa atração por lá. Infelizmente, tudo indica que no próximo mês (9 de setembro), a atração fechará suas portas definitivamente. Uma pena para os fãs da série… 🙁

Como no momento da postagem desse post ainda estará aberto, deixo aqui as informações: custa 14 libras para comprar on-line (16 libras na porta), e abre todos os dias, das 10 da manhã às 5 da tarde (última entrada das 15:30).

Esse foi nosso passeio de um dia por Cardiff, espero que vocês tenham gostado.

Abaixo o mapa do nosso roteiro e o vídeo da cidade… 😉

 

VEJA TAMBÉM

Sem Comentários

Deixe uma Resposta