Barcelona, Destinos

Casa Batlló

21/09/2015
IMG_7813

A Casa Batlló é um prédio com mais de 5000 m², localizado no Passeig de Grácia em Barcelona e uma das obras de arte do arquiteto Antoni Gaudí. Assim como a Casa Milà (La Pedrera), a Batlló também foi declarada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO.

IMG_6398

O prédio foi comprado no ano de 1877, por Josep Batlló, um rico empresário que encomendou a reforma a Gaudí, que a executou entre os anos de 1904 e 1906. O arquiteto redesenhou a fachada e o telhado, acrescentou mais um andar e a reformou completamente por dentro.

A casa Batlló faz parte da Manzana de la Discordia, que é o nome que recebe um quarteirão do Passeig de Gràcia, entre a Calle Aragon e a Calle Consell de Cent e que conta com três edifícios de reconhecidos arquitetos do modernismo catalão: a Casa Batlló (Gaudí), a Casa Amattler (Josep Puig i Cadafalch) e a Casa Lleó i Morera (Lluís Domènech i Montaner). “Manzana” em espanhol significa maçã e também quarteirão, e o nome vem de um mito grego, de mesmo nome (Pomo da Discórdia, em português). Os famosos arquitetos competiam entre si pelo título da casa mais bonita do quarteirão (e da cidade!).

IMG_0468

Com uma fachada super original coberta por trencadís (tipo de mosaico catalão), cheia de curvas e simbolismos, sacadas em forma de máscaras e um telhado inspirado em um dragão com suas escamas coloridas, a Casa Batlló nos leva a um mundo de fantasia que Gaudí materializava com sua arquitetura. Existem algumas explicações e teorias sobre os elementos da fachada, e eu fico com a que diz que foi inspirado em um baile de carnaval, com confetes e mascarados.

A casa também é conhecida como “Casa dos Ossos” por causa dos pilares dos pisos baixos, que se parecem com ossos e “Casa dos Bocejos”, porque as janelas do primeiro piso parecem grandes bocas bocejando. Enfim, a imaginação não tem fim quando nos deparamos com essa obra extraordinária. Apenas Gaudí poderia nos explicar sobre o que ele estava pensando quando se inspirou para arquitetar toda essa beleza.

4

O dragão com suas escamas coloridas e uma espada cravada no seu dorso (a cruz de quatro pontas representa a espada), faz alusão a São Jorge, o padroeiro da Catalunha.

6

O salão principal, com vista para o Passeig de Grácia, tem janelas com molduras de madeiras torneadas e detalhes em vidros coloridos.

1

2

Azulejos mais escuros na parte superior e mais claros na inferior, para distribuir a luz uniformemente. E janelas menores na parte superior e maiores na inferior, para controlar a luminosidade dos apartamentos.

5

As chaminés, também em trencadís, mudam de cor conforme a luminosidade do dia e a posição do sol.

little planet casa batllo

Imagem 360 graus do terraço da casa. Arte: Marc W Bass.

IMG_7765

Lustre do salão principal.

3

Detalhes da arquitetura interna.

IMG_6389 IMG_7776 IMG_7786 IMG_7806

Na minha opinião, a Casa Batlló é uma atração imperdível em Barcelona. Algumas pessoas já me perguntaram qual vale mais a pena visitar, a Battló ou a Milà e a minha resposta não sei se ajuda muito, porque eu prefiro a parte interior da Casa Batlló e o terraço da Casa Milà. O melhor mesmo, se tiver tempo e dinheiro, é visitar as duas! 🙂 Importante também gostar pelo menos um pouquinho de arquitetura e arte. 😉

Preço: 23,50 euros (o audioguia está incluso nesse valor)

Como chegar:

  • Ônibus linhas: H10, V15, 7, 22 e 24
  • Metrô: L2, L3 e L4, parada Passeig de Grácia

Horário: De segunda-feira a domingo, das 9h às 21h

Nesse vídeo você entra na casa (e na fantasia!) e consegue ver mais detalhes além das fotos que postei:

 

Espero que vocês tenham gostado da Casa Battló. Nos vemos no próximo post!

Beijocas, Maureen.

VEJA TAMBÉM

Sem Comentários

Deixe uma Resposta