Receitas

MADALENAS ESPANHOLAS

19/07/2020

Como muitos de vocês que acompanham o blog e o canal já sabem, o canal do Eu Só Quero Tudo no YouTube começou como um canal de receitas.

E então veio a viagem de motorhome, tentei ao máximo continuar fazendo os vídeos de receitas de dentro da nossa casinha sobre rodas, mas em algum momento, com a correria do dia a dia na estrada, as receitas foram ficando pra trás.

Mas agora, nesse momento atípico que o mundo está passando, estamos ficando mais em casa do que nunca e pensei que seria um bom momento para voltar a ensinar receitas por aqui! 🙂 Nota: se você chegou aqui no futuro e o Covid-19 já não está mais entre nós, apenas respire bem fundo e agradeça o ar que você respira (sem máscara!) e a liberdade de ir e vir.

Como estou morando na Espanha no momento e já estou super familiarizada com a cozinha daqui, resolvi trazer receitas típicas do país para o blog (e canal no YouTube!). E como gosto de contar as histórias dos lugares, vou incluir com as receitas, um pouquinho de história e outras informações também.

E sem descaracterizar as receitas, vou sempre dar meu toque pessoal e fazer adaptações nos ingredientes e forma de fazer para ficar mais acessível para vocês que estão aí do outro lado da telinha.

Resolvi começar essa nova fase com uma receita muito fácil e sem nenhum ingrediente mirabolante: as magdalenas!!

A madalena é um bolinho tradicional da França e da Espanha e a origem é incerta. Na França é comum encontrarmos as madeleines em formato de concha e aqui na Espanha a forma é de bolinho individual, como se fosse um muffin. Os ingredientes da francesa e da espanhola são praticamente os mesmos, mas no país do Napoleão Bonaparte eles preferem fazer com manteiga enquanto por aqui é feita com óleo. E esse óleo pode ser o azeite de oliva suave, que é uma versão do azeite que conhecemos com um sabor menos forte e algumas pessoas fazem com o azeite de oliva extravirgem mesmo, o que dá um sabor bem característico e também fica bom.

Importante lembrar que: a Espanha produz quase 50% do azeite de oliva do mundo, portanto, ele não costuma ser economizado na hora de cozinhar por aqui.

Procurando deixar a receita mais acessível, dessa vez usei o óleo de girassol.

E agora, vamos a receita!

Ingredientes:

  • 150g de açúcar (1/2 xic. de chá)
  • 160ml de óleo de girassol (2/3 de xic. de chá)
  • 3 ovos
  • 190g de farinha de trigo (1 1/4 xic. de chá)
  • 8g de fermento em pó (2 col. chá)
  • 80ml de leite (1/3 xic. de chá)
  • raspas de uma laranja ou de um limão
  • açúcar cristal para polvilhar

Preaqueça o forno a 200 graus e prepare uma forma para muffins com forminhas de papel para muffin.

Peneire a farinha e o fermento e reserve.

Em uma tigela, coloque o açúcar e o óleo e misture bem.

Adicione os ovos e mexa até incorporar.

Adicione a mistura de farinha com o fermento e misture.

Adicione o leite e mexa mais um pouco.

Adicione as raspas de laranja e misture.

Distribua a massa pelas forminhas, polvilhe açúcar por cima e leve para assar por 18 minutos.

Retire do forno, deixe esfriar por 5 minutos e coloque os bolinhos em uma grade de esfriamento (se você não tiver a grade, coloque em uma grelha ou em um prato).

A receita de magdalenas mais tradicional aqui da Espanha, leva raspas de laranja ou limão, mas fique a vontade para colocar extrato baunilha, gotinhas de chocolate, um pouco da cacau na massa para fazer madalenas de chocolate ou maçã picadinha.

Como dizem aqui na Espanha, essas madalenas ficaram “de rechupete“! 😉 Elas normalmente são consumidas de café-da-manhã (desayuno) ou de café-da-tarde (merienda), mas pra mim, qualquer hora é hora de uma madalena fofinha e ela pede de acompanhamento um chazinho ou um café…

Existem algumas versões sobre a origem das magdalenas, mas vou contar aqui a minha preferida, que tem a ver com o Caminho de Santiago. Há muito tempo atrás, uma moça chamada Magdalena, servia aos peregrinos uns bolinhos em formato de concha, que é o símbolo do Caminho. E assim, através dos peregrinos, as madeleines foram “viajando” da França até a Espanha e foram introduzidas no país.

Vídeo da receita:

Espero que tenham gostado dessa receita e das informações e que reproduzam aí na casa de vocês!!

Um beijão e Eu Só Quero Tudo! 😉

Posts relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário


Este site usa Akismet para reduzir spam. Mais informações.