Destinos, Espanha

Onde Comer Barato em Madri

13/10/2020

Madri é a capital da Espanha e tem quase 3,3 milhões de habitantes. É uma cidade cheia de vida, história, com ótimos museus, cafés, bares e parques. No ano de 2019 Madri recebeu mais de 10 milhões de visitantes e entre eles muitos brasileiros.

Se você vai visitar a cidade em breve ou pretende visitar no futuro, esse post é pra você, porque nele eu vou falar sobre 7 lugares para comer barato em Madri.

Lembrando que, a cotação do Euro está alta já faz um bom tempo e se formos converter para o Real, pode ser que não saia tão barato assim. Mas, a comparação barato-caro que fiz foi com outros lugares na própria cidade. 😉 Dito isso, vamos às dicas!

100 Montaditos

Posso dizer que já é um clássico dos posts e vídeos sobre comer barato na Espanha. O 100 Montaditos é uma rede de fast food de mini sanduíches com mais de 100 opções de recheios.

Quando você chega em um dos restaurantes 100 Montaditos, na mesa tem cardápio, papel e caneta. Você escolhe o que quer comer, anota no papel e leva até o caixa para fazer o pedido e pagar. Antigamente eles perguntavam seu nome e quando a comida estava pronta, chamavam em um microfone, mas da última vez que fomos, recebemos um pager que vibra e acende quando o pedido está pronto e assim você pode buscar em uma janelinha que dá direto para a cozinha.

Os montaditos custam entre 1 e 3 Euros (cada) e quando você pede vários, vem uma pequena porção de batata chips de cortesia. Eles também têm saladas e porcões pequenas de nachos, batatinha e palomitas de queijo gouda (pedacinhos de queijo empanado e frito). Para beber, uma caneca grande  de cerveja ou tinto de verano (bebida típica espanhola feita com vinho tinto e refrigerante de limão), custa 2 Euros. E também têm algumas promoções, como por exemplo, as quarta-feiras e aos domingos acontece a Euromania, e tem um cardápio especial onde tudo custa 1 Euro. Para dar uma ideia de preço para vocês, meu marido e eu pedimos uma água, um tinto de verano, palomitas de queijo, uma salada e 4 montaditos e a conta deu €13,20.

100 Montaditos

O 100 Montaditos que fomos em Madri fica na Calle del Príncipe e junto dele fica um outro restaurante chamado La Sureña, que eu já tinha escutado falar mas não conhecia. Os dois restaurantes fazem parte do mesmo grupo de franquias e alguém achou que seria uma boa ideia ter os dois lugares em um mesmo espaço. Tinha um cardápio do La Sureña na mesa e eu vi que de segunda a sexta-feira, do meio-dia às 16:30 tem um menu que custa €8,50 e inclui primeiro prato, segundo prato, bebida e pão. Não conheço, não sei se é bom, mas o preço é amigo, então fica a dica.

E algo que eu gostaria de acrescentar é que dependendo do 100 Montaditos que você visitar, ele pode ser meio “bagunçado”. O que fomos estava limpo, mas tinha um grupo grande de jovens bem barulhentos e os cardápios estavam bem maltratados. A caneta que deixam na mesa não estava funcionando direito, enfim… Não é o lugar mais chique e cuidado do Universo, mas nós costumamos ir de vez em quando e os brasileiros que visitam a Espanha costumam gostar da experiência de comer em um desses restaurantes.

Chipstar

Lanchonete que vende batatas fritas em estilo holandês/belga. As batatas são servidas com diferentes molhos (você escolhe o seu molho preferido) e também serve cachorro-quente, aros de cebola e frango frito. Fica na Calle del Carmen, perto da Plaza Callao e do El Corte Inglês onde fica o Gourmet Experience que mostrei nesse vídeo aqui.

Na promoção menu del día, uma batata média com molho e uma lata de refrigerante custa €4,50.

Chipstar

La Campana

Bar onde a especialidade é um sanduíche típico de Madri, o bocadillo de calamares (sanduíche de anéis de lula fritos). Fica pertinho da Plaza Mayor e costuma ter fila. Um sanduíche de anéis de lula custa 3 Euros e eles também servem outros tipos de sanduíches e porções (raciones). Você pode pedir no balcão para levar ou procurar por uma mesa. Quando fomos tivemos que ficar em uma fila esperando por uma mesa, e conforme ia liberando lugar, as pessoas faziam o pedido e iam sentar (no nosso caso, meu marido foi sentar para garantir a mesa e eu fui para o balcão fazer o pedido).

O La Campana está aberto já tem quase um século e tem mais de 70 anos que eles servem bocadillos de calamares. O bar é bem “botecão” mesmo e nos azulejos tem umas frases estilo para-choque de caminhão. Nosso pedido foi um sanduíche de lula, uma porção de batatas bravas e duas cañas e a conta deu €11,00 (as azeitonas foram cortesia). Ah! Não esquece de pedir um limãozinho para acompanhar seu sanduba.

La Campana

La Musa

Restaurante que fica no bairro La Latina, mas também tem um no bairro de Malasaña. O La Musa é um restaurante descolado, é o tipo de lugar que eu gosto, com um ambiente mais jovem, sem muita frescura. O menú del día custa €12,50 e inclui primeiro prato, segundo prato, sobremesa, pão e uma bebida (que pode ser uma caña, uma taça de vinho, um refrigerante…). Tinha apenas 2 opções de primeiro prato e eu escolhi hummus com pão pita e o meu marido pediu a salada com abacate, atum e tomate, de segundo tinha tajine de cordeiro e papilote de salmão com legumes. Como não gostamos de carne de cordeiro, pedimos o salmão. De sobremesa, apesar de no cardápio estar escrito só arroz con leche (arroz doce), tinham outras opções. Pedi o arroz con leche e o Marc pediu o cheesecake. Também tem o cardápio normal, sem ser o menu del día, e para vocês terem uma ideia de preço, uma salada custa €6,50, uma porção de gyoza €6,30, omelete da semana €4,00, torrada com manteiga e geléia ou com tomate custa €1,75, croissant custa €1,50.

Parte do cardápio do La Musa.

Restaurante La Musa (La Latina)

Restaurante La Musa (La Latina)

Um pouquinho de história:

Nos anos 60, o Ministério de Informação e Turismo de Francisco Franco, que foi um ditador espanhol, criou o menu turístico e a partir daí se originou o menú del día. Por ordem de Franco, todo local que servisse comida e bebida, tinha a obrigação de servir um menu turístico composto de primeiro prato (podia ser uma sopa, um creme ou algum petisco), um segundo prato (que poderia ser peixe, carne, ovos, acompanhados de alguma guarnição), sobremesa (fruta, queijo ou um doce), pão e uma bebida (vinho espanhol, sangría, cerveja). A exigência era de que tinha que ser pratos típicos da Espanha. No fim das contas virou bagunça, uma coisa que era para atrair turistas virou um “menu para pobres” (os donos dos restaurantes colocavam ingredientes mais baratos e de menor qualidade no menu del día para não perderem dinheiro). E com o passar do tempo o “menu para pobres” virou o menú del día como conhecemos hoje.

Menu del dia do La Musa (La Latina).

É muito comum nos dias de semana, no horário do almoço (horário de almoço aqui na Espanha normalmente é entre 13:30 e 16:30), os restaurantes terem essa opção, que costuma valer a pena e ser bem econômica, mas os preços variam bastante. Um preço normal seria ao redor de 8 e 13 euros.

Dizem que o menú del día mais barato da Espanha fica em Málaga, na Cafeteria do Mercado de Huelin, lá você pode comer primeiro prato, segundo prato, pão e bebida por 3 Euros! E quanto ao menú del día mais caro da Espanha, não sei informar, mas pode ter menu de 20 euros, 30 euros… O mais caro de Madri fica em um restaurante chamado Asador de Aranda e custa 36 euros sem bebida.

Clique aqui para agendar passeios em Madri!

Las Farolas – Churrería y Chocolatería

Existem seis Las Farolas em Madri. Nós fomos no da Calle Mayor.

Primeira coisa que temos que esclarecer: existem churros recheados na Espanha, inclusive eu comi um de creme no Las Farolas e estava bem sem graça, frio e murcho. Normalmente, quando se encontra churros recheados por aqui, eles já estão prontos, não é feito na hora. E existe os churros tradicionais da Espanha, que é uma massinha frita, nem doce nem salgada, mas existe a opção de colocar açúcar por cima e acompanhar com o chocolate. É o famoso chocolate con churros espanhol!

O chocolate é um chocolate quente bem grosso, parece um mingau, e nem sempre ele é doce o suficiente para o paladar brasileiro. Se come churros con chocolate de café-da-manhã ou de merienda (café da tarde).

A especialidade do Las Farolas é churros con chocolate. Uma porção de churros con chocolate custa €4,20. Se você pedir um café +  um churros recheado, custa €2,50. Nós pedimos um chocolate com churros + 2 cafés cortados (espresso com um pouquinho de leite) + um churros recheado e a conta deu €8,00.

Las Farolas, Calle Mayor.

Até às 13h tem promoção de café-da-manhã, onde um café + 5 churros custa €2,90 ou um café + um sanduíche custa €3,90.

O cardápio e nossa conta. Las Farolas, Madri.

Os olhinhos mais atentos devem ter visto no cardápio a palavra porra. Não fiquem nervosos, vamos desmistificar a palavra: porra, porra, porra! Pronto, é só uma palavra, ninguém precisa ficar ofendido. 😉 Porra aqui na Espanha é uma massa frita, parente do churros, é praticamente a mesma coisa. Normalmente os lugares que vendem churros também vendem porras.

Nigiri

Fast food japonês que serve sushi, ramen, yakisoba, gyoza, entre outros pratos. Tem três restaurantes em Madri e nós fomos no da Calle Princesa.

Nigiri, Calle Princesa.

De segunda a sexta, até as 16hs eles servem menú del día. Custa €10,95 e inclui uma bandeja média com mix de sushi, uma saladinha e bebida. Nós achamos que não compensava e pegamos uma bandejinha de sushi para cada um e uma cerveja para dividir. Cada bandeja custou €6,95 e a cerveja €1,95.

Restaurante Nigiri

O ambiente é moderno, bem informal, no estilo self-service, então é só pegar a comida e a bebida na parte refrigerada e pagar no caixa. A comida no Nigiri está sempre fresca, eles preparam os pratos em uma cozinha envidraçada e repõem as bandejas conforme elas vão sendo vendidas.

Restaurante Nigiri, Madri.

Clique aqui para comprar entradas para um show de flamenco!

San Ginés

Mais uma chocolateria para nossa lista!

A San Ginés é bem mais turística que a Las Farolas. Portanto, você pode ir nas duas e comparar o sabor dos produtos, preço, atendimento… 😉

Uma informação bem importante sobre essa chocolateria: fica aberta 24 horas!

Eles são especialistas em chocolate con churros e é bem popular na cidade entre os turistas e não turistas. A Chocolateria San Ginés foi inaugurada em 1890, ou seja, estão abertos há mais de 100 anos.

Nós pedimos uma porção de churros con chocolate, que custou €4,50 e dois cafés cortados (€2,00 cada). O café é meio caro, normalmente não se paga €2,00 por um cortado na Espanha (custa entre €1,00 e €1,60 em uma cafeteira “normal”). Mas continua sendo um lugar para fazer um lanche barato em Madri e já aproveitar e visitar um lugar turístico e com história.

Churros con chocolate na San Ginés, Madri.

 

Quando nós fomos tinha uma fila pequena e rapidinho nós entramos. Você faz o pedido no caixa, paga, procura uma mesa para sentar. Nós fomos para a parte de baixo que parece um vagão de trem e entregamos o papelzinho do pedido para o garçom que logo trouxe nossos cafés e churros com chocolate. Preferimos o chocolate do San Ginés, mas a porção de churros do Las Farolas é maior. Na duvida, visite os dois lugares. Só tem uma chocolateria San Ginés em Madri e fica perto da Puerta del Sol, no Pasadizo San Ginés.

Chocolateria San Ginés, Madri.

Clique aqui para agendar um passeio de ônibus turístico por Madri!

Deu até fome fazer esse post! 🙂

Esses são alguns dos lugares para comer barato em Madri. Existem mais inúmeros restaurantes, cafeterias, lanchonetes e bares para se comer por um bom preço na cidade. Se você conhece algum, deixa nos comentários, assim todos nós nos ajudamos com mais dicas. 🙂

Se você quer saber mais sobre Madri, leia os seguintes posts:

O que fazer em Madri em 2 dias

Dicas de Madri

E também assistir esse video:

3 dicas do que fazer em Madri

 

 

Posts relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário


Este site usa Akismet para reduzir spam. Mais informações.